31 de jul de 2010

como manter a calma.

Se você anda muito tenso, semicerre os olhos e tente relaxar os braços. Utilize pelo menos dez minutos do seu dia para relaxar e pensar no nada absoluto. Leve seu pensamento com você e fique com os braços soltos, sem fazer força com os músculos.

O resto vem naturalmente. Você sentirá a diferença.

o que é filosofar. (4)

Filosofar não é só o ato de pensar, mas também é o dever. Nós precisamos sorrir, caminhar, brincar, mas sempre vivemos nos motivando à alguma coisa. No fim, deve ter algum sentido e veremos que não estamos perdendo nosso tempo.

Temos imperfeições mas "somos deuses" e conhecedores de nossas virtudes e vontades. Enquanto estamos na terra, temos a capacidade de pensar e organizar nossos pensamentos, mesmo que de várias formas. O pensamento unânime, no sentido de não haver a guerra, é o desejo de todo mundo. Assim como a felicidade não tem inimigos, não há quem seja contra a satisfação pessoal e desejo de crescer.

Os filósofos também sonham, também surtam e também dormem. Assim é a natureza do homem, pois ele pensa e tem a necessidade de pensar. Quando admitimos para nós mesmos que não sabemos, podemos começar a filosofar, caso contrário não merecemos isso.

Na aurora dos tempos, o rosto das pessoas sempre foi o mesmo, pois dele brotam lágrimas que secam e que são quentes. Assim é a vida e sempre será. Pense, mas antes ajeite seu travesseiro, sem precisar o convencer de nada; sem aterrar-se.

27 de jul de 2010

frases da semana. (3)

Mais citações da semana, com frases cuidadosamente escolhidas por mim:

"Um homem não deveria nunca parar de aprender, nem no seu último dia".
Moses Maimonides

"Quanto mais brilhante você é, tão mais você tem a aprender".
Don Herold

"Uma chave importante para o sucesso é a auto-confiança. Uma chave importante para a auto-confiança é a preparação".
Arthur Ashe

"Um homem que quer reger a orquestra precisa dar as costas à platéia".
James Cook

"Para compreender as pessoas devo tentar escutar o que elas não estão dizendo, o que elas talvez nunca venham a dizer".
John Powell

"O maior bem que pode existir em um Estado é ter verdadeiros filósofos".
René Descartes

"A melhor aposta é apostar em si mesmo".
Arnold Glasow

"Aquilo que você mais sabe ensinar, é o que você mais precisa aprender...".
Richard Bach

" Se o conhecimento pode criar problemas, não é através da ignorância que podemos solucioná-los".
Isaac Asimov

"A independência de pensamento é a mais orgulhosa das aristocracias".
Anatole France

26 de jul de 2010

À Procura da Felicidade - (The Pursuit of Happyness).

Um ótimo filme de filosofia que nos leva a pensar sobre o que é a felicidade. Filme baseado em fatos reais, como mostra no início, tornando o filme mais forte.

Chris Gardner - interpretado por Smith - é um homem que luta para sobreviver e se vê numa enorme dificuldade financeira. Um adulto que luta e nunca desiste quando tudo piora. Um exemplo de que nunca devemos desistir do nossos sonhos, com muita determinação e coragem.

É interessante que não há racismo no filme. Em nenhum momento a cor da pele é citada mostrando alguma dificuldade a mais em relação a isso. Muitas cenas exageradas com falta de sorte na vida de Chris. Na vida real as coisas são diferentes. Mas o filme é bom, muito bom! Eu recomendo.

Informações:

gênero: drama
país de origem: EUA
ano de lançamento: 2006
dirigido por Gabriele Muccino.

elenco principal:
Will Smith e Jaden Smith.

O trailer:

afinal: dinheiro não traz felicidade?



A conhecida frase "dinheiro não traz felicidade" não sugere que a pessoa que tem dinheiro não é feliz e nem que a não tem, seja. A frase deveria ser "só dinheiro não traz felicidade".

Há pessoas que fazem coisas absurdas para conseguir cada vez mais dinheiro, custe o que custar. Nessas horas até a consciência é deixada de lado e muitos morrem por causa do dinheiro.

Uma pessoa que tem condições de pagar ótimos estudos na família é feliz pois conseguiu realizar um bom avanço. Com o dinheiro você pode comprar um carro importado, uma mansão, uma casa com piscina, enfim. Mas não há dinheiro que compre a felicidade que conquistamos por meio de muitas realizações. Seja a conquista de um amigo, de uma namorada, ou até mesmo para ajudar alguém.

O dinheiro não faz mal quando você o utiliza para o bem. É muito bom você dormir tranquilamente sabendo que não roubou, que não fez mal a ninguém, com a mente e a consciência tranquila.

A frase pode parecer hipócrita, mas dependendo da interpretação que a gente faz, torna-se-á algo com muito sentido.

Em suma, utilizando o dinheiro da melhor maneira, com boas intenções, você será feliz. Muito dinheiro pode deixar muitos gananciosos, mas isso depende também da cabeça da pessoa.

tentando provar que nós existimos.

O título dessa postagem pode parecer um exagero, porque de modo racional, é impossível provar que nós existimos.

Primeiramente vamos a palavra em discussão: existir. O que é existir? Todos nós sabemos que as palavras não têm um significado idêntico ao do dicionário, e a utilizamos ainda de uma maneira diferente. Mesmo assim, existir significa haver, ser, até mesmo viver.

Mas nós vivemos? Se nós existimos, por que essa tamanha insatisfação? Para existirmos, teríamos que ser livre para não olhar no passado e não pensar - pelo menos de um modo presunçoso - no futuro.

Nós respiramos, tossimos e sonhamos, mas isso não prova que de fato existimos. Existir pode ser um conceito e principalmente uma crença; para o ateu, Deus não existe; para as crianças o Papai Noel existe e assim vai.

Então, existir, vai um pouco além do que pensamos. Já que até aqui entendemos que para existir é preciso viver, vamos entender agora que também, para viver não é preciso existir. Por exemplo, se alguém acredita em ET´s ele existe para essa pessoa - e para muitas, é claro -, mas esses ET´s não vivem. Mas como isso é apenas um exemplo, como podemos ter uma certeza absoluta de quem está totalmente certo? Isso significa que outros estão errados?

Claro que não. Você pode imaginar o que você quiser, pode mudar de opinião mas as dúvidas são sempre presentes. Se você tem dúvidas é porque se preocupa com alguma coisa, logo, você vive, porém existe. Algumas vezes essas dúvidas nos tormentam, até a gente por a cabeça no travesseiro e combinar inconscientemente consigo mesmo a não pensar mais sobre o assunto.

Bom, agora que já entendemos o significado do verbo existir, vamos começar filosofar sobre.

Existem inúmeras filosofias, tipos de ideias sobre todas as coisas. Existem duas que são principais: uma continuação após a nossa morte ou não. Para quem acredita que nós morremos, isto é, deixamos de existir após o nosso falecimento - ou seja, deixaremos de viver -, é mais aceitável entender que nós então existimos por validade. Neste caso, nós não existimos, apenas por um tempo... Mas se olharmos para o Universo conseguiremos entender melhor o que é inexpressável. Tudo termina, tudo há um fim, e somos pequenos demais para querer ser superior à alguma coisa. Uma coisa que existe, ela é eterna e não pode ter fim; então você não existe, você está existindo, o que é diferente. Daí vem a pergunta: mas será que você está mesmo existindo? Se eu tentar responder isso esse texto se estenderá que você ficará cansado de ler, e como posso dar continuidade pulando essa pequena questão, agora darei início ao segundo tipo principal: os que acreditam que a vida continua. Bem, se a vida continua depois que abandonamos este palco - não importa de que maneira ela continue, mas enfim -, significa que persistimos em durar. Se temos uma alma que é eterna é porque nós existimos. Existir, no dicionário, está também como "estar vivo". Então quando "morremos" nós deixamos de existir, que não estaremos mais "vivos". Apesar disso, de alguma maneira, nós não sucumbimos, e não importa muito como você pensa, nem como você está pensando. No final você terá novas dúvidas e mudanças. Por isso nós existimos, ou pelo menos queremos acreditar nisso.

24 de jul de 2010

o blog continua.



O Filosofando Online não parou. Nós não desistimos. Devido às férias, os autores do blog tiveram uma folga, mas continuarão mais dispostos do que antes a partir de segunda feira.

Aproveite para assinar nosso Feed.

Bom fim de semana!

20 de jul de 2010

frases da semana. (2)

"É mais fácil cultuar os mortos que os vivos".
Zeca Baleiro

"Se o conhecimento pode criar problemas, não é através da ignorância que podemos solucioná-los".
Isaac Asimov

"Quanto mais conhecemos, mais amamos".
Leonardo da Vinci

"O que é verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesmo".
Clarice Lispector 

"Se você é um filósofo que não consegue enxergar o que existe de vivo além dos livros e dos pós das bibliotecas, viva mais a filosofia, talvez um dia quem sabe, ao invés das citações dos mortos, você seja capaz de citar também o que esta dentro de você".
Beatriz Camelo

"Se não houvesse mais intuição que a intuição sensível, a filosofia ficaria muito mal servida".
Manuel García Morente

"O primeiro mestre de filosofia da humanidade foi a serpente do paraíso".
Manuel Tamayo y Baus

"Não houve até hoje grande poeta que não fosse, ao mesmo tempo, profundo filósofo".
Samuel Taylor Coleridge

"Acredito que os filósofos voam como as águias e não como pássaros pretos. É bem verdade que as águias, por serem raras, oferecem pouca chance de serem vistas e muito menos de serem ouvidas, e os pássaros pretos, que voam em bando, param em todos os cantos enchendo o céu de gritos e rumores, tirando o sossego do mundo".
Galileu Galilei

"Uma pergunta prudente é metade sabedoria".
Francis Bacon

comida industrial.


imagem: DrPepper

Hoje em dia comemos qualquer coisa. Nos preocupamos mais com o chão da rua do que com o que comemos. Ingerirmos tantas "merdas" e ainda fazemos propaganda; o que importa é saber qual a última novidade.

Aquelas pizzas industrializadas que são vendidas em caixa não são boas, além de serem menores. Não considero nem pizza, aquilo deveria ter um outro nome, pois tem gosto de tapete temperado.

Deveríamos comer com mais "classe", escolher melhor, enfim.

quadrinho visto aqui: ricardobarreira.com

15 de jul de 2010

um café com polêmica, por favor.

Tentarei descrever com palavras a conclusão que cheguei sobre todas as coisas.

Não pensar é mais fácil do que pensar. Quando digo fácil, falo no sentido de se livrar de pequenos tormentos, que são nossas moscas interiores. Mas eu penso, e gosto de pensar. Cheguei a conclusão de que nunca chegarei a uma conclusão, porque mesmo que isso um dia aconteça, sentir-me-ia muito frustrado e desanimado. Mais razoável é admitir para si mesmo que não há um motivo para chegar a um acordo sobre todas as coisas, ou sobre algo especifico.

Há sempre uma nova polêmica. Mesmo que eu não tome a consciência de imediato de que o assunto em questão não levará a nada, e principalmente a uma resposta satisfatória, a polêmica sempre precisará ficar presente em minha vida. Como uma bolha de sabão, a polêmica surge e some do nada, sem data para voltar e sem aviso prévio.

Antes de concluir, é sempre importante abrir mais espaço para novas dúvidas.

daqui: samuelmarini.com

14 de jul de 2010

trânsito em São Paulo.

Da série "dica de hora e lugar para filosofar".




O que fazer quando você está parado num engarrafamento como este? E você ainda pergunta!

o que é filosofar. (3)

É claro que a filosofia tem seus especialistas, mas ela não é uma profissão. Não podemos filosofar pensando em nós mesmos; filosofamos nos baseando em pensamentos do passado, como em vários filósofos.

A filosofia já causou e ainda causa muito desanimo em muita gente. Temos uma ideia nova, que nunca é totalmente nova, mas ela se estica e rapidamente é desmistificada. Filosofar é buscar respostas que ainda não tem uma solução definitiva. Essa busca deve ser criativa e dotada de possíveis provas, sejam elas lógicas ou não.

A filosofia, mais do que nos convida, ela nos obriga a procurar certezas, fundamentando-as em bases substanciais, apesar de tantas ambiguidades e dificuldades que os fatos apresenta, ou até mesmo por causa deles.

Você não precisa "viajar" para expor uma ideia, um pensamento ou retratar o que é a vida, desde que você saiba - ou ao menos tenha uma ideia - o que esteja falando.

frases da semana.

"Um pouco de filosofia nos afasta da religião; muita filosofia a ela nos reconduz".
Antoine Rivarol

"Os filósofos se limitaram a interromper o mundo de diversas maneiras; o que importa é modificá-lo".
Karl Marx

"Os filósofos são mais anatomistas que os médicos: dissecam, mas não curam".
Antoine Rivarol

"O pessimismo é uma filosofia imposta às convicções do observador pelo desalentador predomínio do otimista".
Ambrose Bierce

"Estou plenamente de acordo com o filósofo que afirma ser o homem o parasita do boi".
Jean Baptiste Alphonse Karr

"É próprio do filósofo poder especular sobre todas as coisas".
Aristóteles

"Até hoje não houve filósofo que padecesse pacientemente uma dor de dente".
William Shakespeare

"A verdadeira filosofia nada mais é que o estudo da morte".
Isaac Newton

A música é a revelação superior a toda sabedoria e filosofia".
Beethoven

"Há o suficiente no mundo para todas as necessidades humanas,
não há o suficiente para a cobiça humana".
Mahatma Gandhi

Cinema Paradiso - (Nuovo Cinema Paradiso).

Filme obrigatório para quem ama cinema. A história se passa na época em que a TV ainda não havia chegado; o filme se passa em Roma, quando um cineasta recebe um telefonema de sua mãe informando que o seu amigo Alfredo está morto. Daí que começa a mostrar o seu passado onde ele lembra de sua infância, e é claro, do Cinema Paradiso. O filme é baseado em fatos reais. O fato do autor (Salvatore Cascio) ter o mesmo nome do personagem é uma coincidência.

Cinema Paradiso é um clássico muito emocionante e um dos melhores filmes que já vi sobre cinema.

Levou Oscar de melhor filme estrangeiro e um Globo de Ouro na mesma categoria, em 1990. No Festival de Cannes (França) recebeu o Grande Prêmio do Júri, em 1989.

Informações:

gênero: drama
país de origem: Itália
idioma: italiano
ano de lançamento: 1988
escrito e dirigido por Giuseppe Tornatore.
trilha sonora: Ennio Morricone.

elenco principal:
Philippe Noiret (Alfredo); Salvatore Cascio – Salvarote criança; Marco Leonardi – Salvarote adolescente e Jacques Perrin, Salvarote adulto.

Veja aqui o trailer:

Deus X Homem. (2)

Já houve uma quadra, em que quase pirei por tentar entender a existência ou não existência de Deus. Hoje já me convenci, com muito custo, de que a existência de Deus não importa tanto. Como eu já disse aqui, sempre haverá mistérios, por mais que você consiga provar e atingir pontos antes nunca explorados.

É algo muito simples: se você acredita em Deus, então ele existe. O Universo é cósmico, é por isso que ele existe. Por mais absurdo que você ache o nosso Universo, o cósmico continuará existindo, mesmo que a paz não reine em nosso mundo.

Deus não tem um corpo como nós, não tem dois braços, duas pernas e barga branca, longa, e está sentado numa poltrona no céu. Claro que não. Deus não é uma exata, não é uma fórmula; você simplesmente não pode desenhar ou querer definir o que ele é num papel ou em palavras. Se você tem dentro de si mesmo uma emoção, e acredita que sente Deus, isso já basta. O homem é inconclusivo por natureza.

O velho Mestre e o Jovem triste.

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse a mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse.

-Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Ruim -disse o aprendiz.

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:

-Beba um pouco dessa água.

Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:

-Qual é o gosto? -Bom! -disse o rapaz.
-Você sente o gosto do sal? -perguntou o Mestre.
-Não! -disse o jovem.

O Mestre, então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:

-A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está à sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu.

Em outras palavras: É deixar de Ser copo para tornar-se um Lago. Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos.

os sábios não têm senso de humor?



Não sei a razão, mas no modo geral, as pessoas acham que os sábios, os monges e até pessoas cultas não têm senso de humor. Será que isso é verdade? Você consegue imaginar um sábio contando piada, fazendo qualquer tipo de brincadeira? Não. O sábio tem de ser sério, tem de ter cara de sério e pose de seriedade.

Você pode estereotipar esse "tipo de pessoa", mas ele tem de ser principalmente sério. Alguém que se considera extremamente culto também não se pode dar o prazer de se vestir de jacaré, por exemplo, para animar crianças ou até mesmo fazer uma farra. A pessoa culta tem de falar palavras "difíceis", tem de gostar de cinema, teatro, tem de estar por dentro da política e do mundo. Será que comédia tem a ver com falta de cultura? Eles têm a cultura deles, mas será que são menos inteligentes ou preguiçosos?

O mundo é muito repetitivo, você repete muitas frases que outras pessoas dizem, acho que deveríamos falar frases nossas, brincadeiras nossas, ao em vez de usar coisas ditas que muitas vezes nem sabemos o grau de vericidade, de fidelidade.

13 de jul de 2010

dica de hora e lugar.



Para filosofar.

quem somos?

Nós somos inteligentes pois temos capacidade de pensar, raciocinar e organizar nossos pensamentos. Nós existimos? Se você negar essa pergunta, você entrará em contradição, pois provará sua própria existência.

Todos temos um "lado ruim" dentro de nós que aflora de acordo com nosso estado de espírito e com as situações da vida. Mas quem somos nós? Quem é você? Você conhece a si mesmo?

Somos os culpados e também somos as vítimas. Estamos todos no mesmo lugar e na mesma situação, o que muda é a vida de cada um, mas o caminho é sempre o mesmo. Temos sempre a chance, o desejo, a vontade.

Somos deuses, antes de sermos humanos, somos deuses perfeitos que habitam um corpo e uma alma. Será? Por que tantas perguntas? Responda-me você.

poder de argumentação.



Você acabará assim.

qual o sentido da vida?

O homem procura um sentido para a sua vida. Como tal, de onde viemos, para onde vamos e principalmente o que estamos fazendo aqui. Nós somos seres racionais e emotivos, alguns usam mais a sua emoção e outros o raciocínio. Se a humanidade combinasse de querer fazer tudo o que se tem vontade, o dia não duraria mais do que uma noite; por isso existem as leis, e as leis existem para serem cumpridas.

Não existem uma placa apontando qual sentido você deve tomar para a vida, até mesmo porque não é esse tipo de sentido que estamos falando. Procuramos nos concentrar em uma religião ou filosofia, mas pelo menos uma vez na vida ficamos deprimidos, desesperados. As coisas ficam mais claras quando você consegue o seu objetivo, o seu sonho, porque dai tudo faz sentido. Caso contrário você culpará Deus, o juiz ou o moleque no semáforo. Para muitos, dirão que "Deus escreve certo por linhas tortas", e ficam simplesmente esperando o acaso tomar conta e resolver a sua vida. Mas nossa vida não é fantasia, apesar de ter personagens, nossa vida é muito séria e deveria ser levada com menos ironia e relaxo.

Por alguma razão, nós nunca estamos satisfeitos. Quando outrora "tudo que você queria" era conseguir comprar um carro, depois disso, com muito esforço, agora você quer reformar a casa, ou quer fazer uma plástica no nariz. Depois vem alguém e diz qual o sentido da vida. Antes de mais nada, qual o sentido de você reclamar e nunca se satisfazer? Se a simplicidade fosse irmã da tecnologia o mundo seria "mais fácil".

Realmente, essa questão e muito simples e muito complexa, como tudo na vida.

3 segundos. (teste)

Se você conseguir achar a cabeça de um homem em até 3 segundos sua percepção é muito boa, e melhor do que o normal.

Em até um minuto, é normal.

De 1 minuto à 3 minutos, você é muito lento. Tome mais café.

Mais que 3 minutos: assista mais desenho animado. Sua percepção é terrível.

10 de jul de 2010

o que é filosofar. (2)

Filosofar é você pensar que está pensando, e pensar porquê você está filosofando. É questionar, racionalmente ou não. Você pensa mais rápido do que escreve, e quando escreve você perde alguns fios que poderiam se interligar para chegar a uma conclusão menos crua. A vida sempre será estranha, no sentido de misteriosa. Deixemos que a Mãe Natureza tome conta de tudo, ao em vez de querermos tentar mostrar que somos mais fortes: o que vence é sempre o melhor.

Cada época tem o seu personagem, a sua idolatria e as suas palavras, mas as lágrimas caem sempre do rosto, dos olhos. Não importa a tua idade: vão sempre te comprar.

Pense, mas pense com calma e sem preocupação.

9 de jul de 2010

tempo presente.

Quando outrora eu dizia "outrora".

uma pausa para leitura do mundo.





Belas imagens, hein?!

8 de jul de 2010

procuro uma mudança.

Procura uma mudança, em cada canto do meu quarto, em cada canto nas ruas e em cada esquina.

Não posso mais fingir que não vejo o que está acontecendo. Não posso mais ser inconsciente à minha vida parada, sem procurar emoção, sem sentir a vida.

Procuro uma mudança em meus hábitos, procuro uma mudança em alguém. Uma pessoa desconhecida, ou alguém que já tenho muito carinho e amor.

Não posso mais continuar sem ver. Descobri que não sou mais forte que minha natureza, e procuro uma mudança.

há uma saída.

Na idade média um homem muito virtuoso foi injustamente acusado de haver assassinado uma mulher.

Na realidade o verdadeiro autor era uma pessoa muito influente do reino, por isso, desde o primeiro momento, se procurou um bode expiatório para encobrir o culpado.

O homem foi levado a julgamento já sabendo que tinha pouca ou nenhuma chance de escapar ao terrível veredicto... a forca!!

O juiz que fazia parte do complô tratou de dar um aspecto de julgamento justo e para isso disse ao acusado: Conhecendo tua fama de homem justo e devoto ao Senhor, deixaremos nas mãos Dele o teu destino, vamos escrever em dois papéis separados as palavras “culpado” e “inocente” e tu escolherás um deles e será a mão de Deus que decidirá o teu destino.

Logicamente o mau juiz havia preparado os dois papéis com o mesmo escrito CULPADO e a pobre vítima mesmo sem saber os detalhes dava-se conta que o sistema proposto era uma armadilha.

Não havia escapatória. O juiz ordenou ao homem que tomasse um dos papéis dobrados.

Este respirou fundo, ficou em silêncio por alguns segundos com os olhos fechados, e quando a sala começava a ficar impaciente, abriu os olhos e com um estranho sorriso pegou um dos papéis levou-o à boca e o engoliu rapidamente.

Surpreendidos e indignados os presentes o reprovaram sonoramente: "O que você fez? E agora? Como vamos saber o veredicto?"

"É muito simples" - respondeu o homem - "É só ler o papel que ficou e saberemos o que dizia no que eu engoli”.

Deus X Homem.

O homem é inteligente, pois tem a capacidade de pensar e organizar seus pensamentos, e por isso, por em prática. Também é muito curioso, e isso já vem desde milênios, desde a época das cavernas e quando ele descobriu o fogo, que ele queima; a água, que molha e pode se afogar. Por isso, ele tem alguns conflitos não resolvidos que já vem desde essa época. Ele, sempre insatisfeito, dá o passo maior que a perna, e depois procura um jeito diferente para poder caminhar, mesmo com as pernas doloridas. Não importa quem você seja, você sempre terá uma crença: o Ateu é materialista, mas acredita que não existe Deus nem qualquer coisa espiritual, sobrenatural, essa é a sua crença. Por mais que o homem luta, por mais que ele fuja de si mesmo, ele sempre precisará de algo para se apoiar, senão a sessão termina e ele já comeu toda a pipoca.

Nós mergulhados de cabeça, nós reclamamos, nos iludimos... As ilusões são muitas. Não há ninguém que pode afirmar nesse mundo até onde a ilusão existe. Existe um limite para fantasia? Qual é o seu limite, qual é o limite do homem? Qual é o de Deus? O que você espera?

6 de jul de 2010

eu também vou reclamar.

Para fazer sucesso você tem que reclamar, para ser atendido também. Tem que reclamar pra convencer, pra conquistar, pra tudo! O bebê quando nasce tem de chorar. Em uma composição de música, você reclama. Então, a minha reclamação é essa: chega de reclamações, nós não temos esse direito! Vamos fazer mais. O problema é que as pessoas têm o costume de maximizar os pontos negativos do seu país e/ou situação, em vez de fazer isso com os pontos positivos.

2 de jul de 2010

antropogênese.

o que é filosofar.

Antes de filosofar, é necessário você deixar claro para si mesmo e ficar livre de opiniões firmes; não pode ter crenças e deve ser livre para pensamentos e mudanças. Não existe um conceito apenas, existem vários, e quando você passa a entender isso, filosofar passa a ser mais simples. Pensar sobre a vida pode não ser decadente para aquela pessoa que não gosta de "queimar o fasto", uma vez que você entende - e aceita - que pensar é como passar manteiga no pão: você escolhe um lado, ou ambos. Também tem aqueles que preferem tirar o miolo, mesmo que já ficou comprovado que a casca tem a mesma composição. Acabou-se o que era doce, mas você tem a opção de comer salgado, ou seja, tudo é possível e você pode ser otimista mesmo quando, aparentemente, a vida parece injusta e dura.

Nós levamos porradas, mas é preciso, senão nunca aprenderemos nada. O lutador só vence a luta depois de ter levado várias pancadas, e assim também é a vida.

1 de jul de 2010

teste.

Nós somos o tempo todo testados e vivemos fazendo testes. Recebemos muitos "não" e muitos "sim" em nossa vida, e eu, para fugir do comum, não excluirei este post de "teste".

Isso é um teste. Ponto.