31 de jul de 2011

um copo

Em virtude, um copo pode transbordar sem derramar. Assim são as nossas vidas. Aos poucos, a água vai se enchendo e você se preocupa mais com o tipo de cristal.

O ser humano é terrível. Não vê que mil e uma utilidades pode fazer por meio de um copo e que esse meio, essa metade, é intransferível. Ele é universal.

Cuidado, o copo pode quebrar e você vai juntar os cacos. Porque são eles, os cacos da vida que nos ensinam. Muito obrigado, copo!

21 de jul de 2011

ideia coletiva.

Quando queremos, nós queremos. Do oposto, agendamos.

nova década.

E saudade dos jogos antigos...

6 de mai de 2011

o aplauso à vida.

Aquele garoto só queria aparecer. Fez teatro, fez cinema e hoje esta nas telas.

Vamos usar as mãos para aplaudir seu sonho realizado!



Doze anos passa rápido!

a preguiça e o sedentarismo.

Sou sedentário, pois estou sempre em casa. Mas não existe uma preguiça dentro de mim. A diferença entre essas palavras, e que não é sútil, é que o sedentarismo talvez seja algo mais intelectual, mais cerebral... É um estado filosófico com o olhar em buscar conhecimento e sabedoria.

Há preguiça nas pessoas em subir uma escada. Há postagens em blogs onde pessoas comentam tudo aquilo que é óbvio, e toda essa massa vibra uma preguiça interna junto com seu pacote de bolachas que só expressa farelos em cérebros não cansados. Quanto mais idiota, melhor.

Dias como hoje, sexta-feira, celebro dentro de mim um pequeno ruído que vem do Espaço. Coloco pra fora qualquer coisa que eu possa querer. Eu sou uma ave, e você também pode ser.

Deixei meu café no fogo. Volto logo. Bom fim de semana para todos.

4 de mai de 2011

pensamento não tardio - exprimindo meus pensamentos igual a uma laranja.

Deus, quem é você que não tem face? Quem é você, que tão oculto é tão presente nas pessoas?

Deus, o sentido, o nome, a força e a vontade de viver, de vencer. Busco dentro de mim algum Deus que revela minha força, minhas energias e meus pés no chão. Estou descalço, é assim que vivo.

Viver, sentir alegria e aquele estado que sentia quando a noite caía. O quê é isso que não sinto mais? Mais forte que o amor, que a chama da paixão e aos momentos que não voltam.

O novo, é sempre inesperado. Uma constelação de sentimentos que brilham sem parar. Tudo isso é o sentido da minha vida.

2 de mai de 2011

filososia de negócios - a Microsoft

Livro,O estilo Bill Gates de gerir

Estou lendo este livro, achei interessante colocar aqui este trecho:

SEGREDOS DO SUCESSO

1. Esteja no lugar certo e na hora certa.
2. Apaixone-se pela tecnologia.
3. Não faça prisioneiros.
4. Contrate gente muito inteligente.
5. Aprenda a sobreviver.
6. Não espere agradecimentos.
7. Assuma uma posição visionária.
8. Cubra todas as bases.
9. Construa uma empresa do tamanho de um byte.
10. Nunca, jamais, perca a bola de vista.

1 de mai de 2011

a filosofia no universo do cinema.

"Samuel, não faz drama".

Escutei tanto essa frase na vida, principalmente de ex namorada que tive, que também curte drama! A nossa natureza nos conduz a exagerar e estravazar muitas vezes. O romance, a comédia, tudo faz parte da natureza do homem... A ficção é um gênero que menos gosto, apesar de muitas vezes sair da realidade. Mas o que é realidade? Tipo assim, "Samuel, vá fazer filosofia... por que escolheu estudar cinema?".

O pensamento, a arte, a música, o teatro, a encenação, o truque, o mistério, a fotografia, enfim. Tudo esta presenta nessa sétima arte que tenho o gosto de dizer que é a melhor de todas. Não apenas por ser a soma das outras, mas por expressar através de uma tela e imagem sensações que eu não saberia sentir e experimentar no papel. O ser humano é fantástico! Todos nós somos maravilhosos.

Quero ser roteirista, ou trabalhar profissionalmente nessa área do cinema. Então, a próxima vez que eu ouvir esta frase, vou responder: "Meu drama já esta quase pronto".

16 de abr de 2011

depois.

Agora estou ocupado. Tenho coisas mais chatas para fazer.

27 de mar de 2011

o maior problema da humanidade: a memória.

O maior problema da humanidade é a memória.

Filosoficamente falando, é claro. Algum leitor neste momento deve ter pensado: "com tanta violência no mundo, fome e desgraça, esse cara vem dizer que o maior problema é a memória?!". Como eu acabei de dizer, no sentido mais cerebral da coisa, em termos de evolução e progresso humano.

Em relação a outros símios, os macacos têm rabo e não podem falar. Então, vamos dar valor ao diálogo, pessoal... Pois a - Não Samuel, tira essa parte aqui que não ficou boa.

Todos nós passamos por experiência cabulosas e singelas, depois de algum momento na vida nós esquecemos e cometemos os mesmos erros. As pessoas se preocupam muito com o futuro. Os idosos vivem desabafando seu passado e as crianças vivem felizes com o presente momento, que deixarão de pensar quando crescerem.

Nós sofremos com uma intensa "saudade", que não sabemos controlá-la e nem da onde que veio. A música, que o tempo todo influencia nossos pensamentos e nossas atitudes. Guardamos lembranças de coisas ruins com mais facilidade, por serem algo mais forte; quando algo é comumente feliz e alegre nós esquecemos e passamos para frente. Reclamamos da falta de liberdade e colocamos regras, convenções e limites o tempo todo. A ironia já deveria ser algo obsoleto há muito tempo; deveria ser enterrada no século passado. Hoje, ser irônico é sinônimo de criatividade, e ser criativo é o mesmo que ser diferente. As pessoas compram, as pessoas pagam para ver aquilo que querem e o que querem pensar que querem. Tudo tem a ver com consumismo.

A memória poderia ser algo fantástico se não fosse toda essa cobrança entre as pessoas. Há um exagero e uma obsessão em se vestir bem, uma cobrança consigo mesmo... O objetivo no jogo da memória é justamente em você tentar achar os pares. Durante nossa vida cada pessoa tenta achar o seu par, o seu amor, seu amante, sua amada. Ao longo dos anos dividimos memórias e broncas que pensamos que não se repetem. Se o homem é mesmo inteligente, então por que ficam esperando até hoje no elevador enquanto poderia subir as escadas? Quanto tempo você precisa a mais?

26 de mar de 2011

'o último a sair apague a luz'.

Hoje é o dia em que apagamos as luzes para ajudar a "salvar a Terra". A partir das 20h30. Quando for 21h30 podemos acender.

Essa proposta é da "Hora do Planeta" -, iniciativa criada pela "ONG WWF" (Worldwide Fund for Nature) para chamar atenção sobre o consumo de energia.

Algo muito importante e que muita gente se engana: essa proposta não é para economizar energia no mundo. Dizer protesto seria muito forte, é mais uma manifestação com intuito de conscientizar as pessoas da importância da falta ou presença de energia.

Ninguém é obrigado a fazer isso. Você não receberá multa se não quiser colaborar. Nenhum tipo de punição.

Para saber mais, veja aqui: www.horadoplaneta.org.br

apagar a luz - clique aqui quando chegar o horário


acender