6 de set de 2010

A Raposa e as Uvas.

Fábula infantil.

Uma Raposa, com muita fome, ao passar diante de um pomar, viu penduradas nas grades de uma viçosa videira, alguns cachos de belas uvas maduras.

Ela então usou de todos os seus dotes e artifícios para pegá-las, mas como estavam fora do seu alcance, acabou se cansando em vão, e nada conseguiu.

Por fim deu meia volta e foi embora, e consolando a si mesma, meio desapontada disse:

-Olhando com mais atenção, percebo agora que as uvas estão todas estragadas, e não maduras como eu imaginei no começo.

Autor: Esopo; reescrita por Jean de La Fontaine.

Moral da História:

Algo como: É fácil desprezar aquilo que não se pode alcançar. Já que ela não podia ter as uvas, criou uma desculpa para diminuir o peso do seu insucesso. Quando você não aceita suas próprias limitações, você abre um caminho para a decepção, a infelicidade. Mais ou menos isso.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Sinta-se a vontade.

Comentários paralelos, como "discussões", assuntos que não têm a ver com o blog, serão excluídos.

Comentários engraçados também são bem vindo! =)