30 de dez de 2010

era quase 6 horas da tarde.

Era um dia comum como tantos; a unica coisa que observei, que podia fazer diferença alguma naquele início de noite, era a face de fim de mundo que o dia expressava.

O fim de um começo, talvez. A tentação e desejo de correr riscos pra tentar sentir novamente a minha adolescência perdida. Em momentos assim, pensei sobre o que é "loucura". Me perdi em meus pensamentos e você me ligou. Tantas vezes assim me sinto, e é só uma data que já não esperava mais. O dia dezessete de dezembro poderia ser dia doze de maio, ou oito de abril. Foi um dia que não podia ter começado.

"Em momentos de desespero, eu pintei um quadro com seu rosto e vendi tão barato que pude comprar um camelo". Esta frase me veio sem sentido algum. O que é o sentido, quando tudo já não faz mais sentido? Esta na hora de começar a perceber.

A ansiedade por causa de uma prova sempre acaba passando. A ansiedade de viver, de querer, de desejar e de concretizar está no pensamento. O pensamento é matéria e realiza sonhos. Estava tarde e já não esperava que você fosse me ligar. Então, minuciosamente, escolhi uma forma carinhosa de te tratar.

Aquele dia foi muito para mim, e foi menos como o dia que você apareceu na minha vida... Todos os dias, existe um momento que são quase 6 horas da tarde.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Sinta-se a vontade.

Comentários paralelos, como "discussões", assuntos que não têm a ver com o blog, serão excluídos.

Comentários engraçados também são bem vindo! =)