21 de dez de 2010

'boa noite, estranho'.

Sem saber e sem olhar para trás, Fernanda disse:

"Cara, pare de olhar pra minha bunda".

Ele, de camisa verde, sorriu, ofereceu um trident a ela e desceu do ônibus.

Antes de dormir, ficou em dúvida, apagou a luz e dormiu mentalizando o fato.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Sinta-se a vontade.

Comentários paralelos, como "discussões", assuntos que não têm a ver com o blog, serão excluídos.

Comentários engraçados também são bem vindo! =)